12 de mai de 2011

Prefeito “Boca Quente” se apresenta à PF e é preso

O prefeito de São João do Paraíso, Raimundo Galdino Leite, se apresentou hoje, no começo da tarde, à Polícia Federal em Imperatriz, e logo foi recolhido.

Galdino deve permanecer temporariamente na cadeia por cinco dias.

O prefeito permanecia foragido junto com mais seis outras pessoas, que tiveram prisão decretada por desvio de recursos do Fundeb e da Saúde no município de São João do Paraíso.

Ao todo, a PF e a Controladoria Geral da União estimam que são R$ 5,5 milhões desviados.

Boca Quente, como é conhecido o prefeito, tinha casas ou negócios nas quatro cidades onde a Operação Usura executou mandados de prisão e busca e apreensão. São elas: São João do Paraíso, Barra do Corda, Imperatriz e Marabá, sendo esta última no Pará.

Um comentário:

  1. O BOCA É UM VERDADEIRO BANDIDO; FOI UM VOTO DE DESTRUIÇAO

    ResponderExcluir

Sinceramente, o Brasil atual tem jeito?

Que olha a cena político-social-econômica atual se pergunta sinceramente:o Brasil tem jeito? Um bando de ladrões, travestidos de senadore...