11 de set de 2010

Crise provoca onda de demissões na TV Mirante do Maranhão


Uma série de demissões está ocorrendo nos bastidores da TV Mirante do Maranhão, afiliada da TV Globo, atingindo as emissoras pólos-regionais, de Timon, Caxias, Codó, Bacabal, Chapadinha, Balsas e Açailândia. O escritório de Balsas já foi desativado segundo uma fonte revelou para o blogueiro, a crise provocou demissões nos mais diferentes departamentos da TV, como jornalismo, técnico, administrativo e serviços gerais. Para se ter idéia, em Imperatriz, Timon e Caxias, os funcionários das unidades regionais da Mirante estão apavorados diante das ameaças de demissões, até porque, continuam ocorrendo a cada semana. Na verdade, ninguém está seguro. O clima é de instabilidade total na emissora do grupo Sarney.

BNB cobra dívida da Mirante

Em julho de 2009, o jornal Folha de S.Paulo, publicou matéria que mostrava que o BNB (Banco do Nordeste do Brasil), estatal controlada pela União, cobrava na Justiça dívida de R$ 12 milhões por empréstimos tomados pela Televisão Mirante, pertencente aos filhos do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Metade da cobrança, que em valores atualizados atinge R$ 14 milhões, refere-se a dinheiro público do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), vinculado ao Ministério do Trabalho. A TV nega as dívidas, diz que já pagou R$ 3,1 milhões e não se considera mais devedora, após ter obtido duas vitórias na Justiça do Maranhão. O BNB recorreu, em maio último, ao STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Fonte: Blog Ademar Sousa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinceramente, o Brasil atual tem jeito?

Que olha a cena político-social-econômica atual se pergunta sinceramente:o Brasil tem jeito? Um bando de ladrões, travestidos de senadore...