28 de ago de 2010

1989 A PRIMEIRA VISITA DE LULA À IMPERATRIZ


Ontem assistindo o programa eleitoral e vendo LULA pedindo votos com tanta desenvoltura para Lobão, João Alberto e Roseana e chamando de companheiros de primeira hora, veio um filme na minha cabeça e transportei-me no tempo com saudossismo quando da sua primeira candidatura ele veio à Imperatriz.
Quantas mudanças de lá pra cá. Mais por influência de meu irmão Célio, que por ideologia era filiado ao PT, nunca fui um militante aguerrido era mais um sonhador que propriamente um militante, (viver é melhor que sonhar, diz o cantor Belchior) eram poucos os petista da época, lembro-me como era dificil ser petista havia muito preconceito para com eles. O presidente do PT era Profº Deuzimar Negreiros, (sempre na sua bicicleta cargueira carregando seus livros e militantes) Jomar e Terezinha já eram lutadores (sempre no seu velho e bom FIAT panorama) um único carro que um petista tinha, muito util. Miramar, Célio, Uilio, João, Dinalva, Adilene, Ary, Virgilio, Mané e Manezinho, Valdinar, Querubina, Nobre e outros. Como foi dificil trazer o Lula aproveitando um viagem à Serra dos Carajás ele veio até aquí. Um Comicio numa tarde de sábado e muita gente na Praça Brasil e no final do comicio tiveram que fazer uma vaquinha para ajudar nas despesas de viagem do candidato

A mobilização foi muito intensa apesar de não tê dinheiro para o carro de som e a contra-informação que os aliados de Collor (os mesmos que hoje Lula chama de companheiros) passaram que Lula iria mudar a cor da bandeira brasileira, iria ocupar as casas com mais de 2 quartos com familia de sem tetos, iriam invadir fabricas, propriedade rurais, iria mandar matar os aposentados para não pagar o beneficio da previdência social.

Até o material Impresso foi rateado pelos militantes pois não tinha outro jeito, ninguem tinha dinheiro, lembro que para fazer uns adesivos cada simpatizante tinha que comprar o seu.
Como mudaram as coisas, os velhos companheiros ficaram para trâs sem nenhum sentimento e respeito (como diz a música alguém tem que perder para outro entrar no jogo) por tudo que fizeram para hoje Lula chegar onde chegou, aqueles sonhos de uma geração toda foi de certa forma desfeita e trocados por outros interesses, mais muitos não deixaram seus ideais de uma sociedade mais justa e continuam na luta e outros desistiram no meio do caminho.

A ilusão é a primeira de todos os prazeres (Oscar Wilde)

Um comentário:

SUPERAÇÃO: Estudante com dislexia e paralisia cerebral se forma em história

Nem mesmo o diagnóstico de paralisia cerebral, a baixa visão e a limitação motora impediram que o jovem Luiz Garcia, 30 anos, realizasse o ...