2 de ago de 2010

POR UM NOVO LOGO PARA A COPA DE 2014


Alexandre Wollner, um dos mais respeitados designers brasileiros, disse em entrevista que a marca da Copa de 2014 é uma porcaria, parece alguém com vergonha, e o processo para sua escolha foi antiético. A ADG, a Associação dos Designers Gráficos, foi consultada pela FIFA, mas foi excluída de conduzir um concurso entre designers, o que gerou protestos.

Em post sobre o assunto no blog do Luis Nassif, uma boa idéia surgiu para materializar os protestos e tentar uma solução honrosa, ética e progressista para salvar algo que começa errado: um concurso entre designers brasileiros para uma marca open source. Um modelo paralelo ao oficial, em protesto ao modelo adotado, que valorize nossas nossas referências e dignifique o design brasileiro.

Estou certo que entidades como a ADG e a parte mais consciente da sociedade brasileira abraçará a idéia. Fora o centralismo venal de Ricardo Teixeira! Viva a arte, o futebol, o design e os valores brasileiros!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SUPERAÇÃO: Estudante com dislexia e paralisia cerebral se forma em história

Nem mesmo o diagnóstico de paralisia cerebral, a baixa visão e a limitação motora impediram que o jovem Luiz Garcia, 30 anos, realizasse o ...