15 de jul de 2010

Índios continuam cobrando pedágio na BR – 226 no sentido Grajaú – Barra do Corda (MA


Índios de várias aldeias que ficam às margens da BR-226 continuam cobrando pedágio aos condutores de veículos que passam por aquela Rodovia Federal.
Índios de várias aldeias que ficam às margens da BR-226 continuam cobrando pedágio aos condutores de veículos que passam por aquela Rodovia Federal, pois são aproximadamente 22 km de pressão e insegurança, onde tudo pode acontecer. Lamentamos informar que muitas agressões acontecem aos motoristas e passageiros, com pedras, paus e principalmente a pressão psicológica, exigindo sempre alguma quantia em dinheiro vivo ou bens em pagamento do pedágio.

Isto está afastando e assim diminuindo bastante o trânsito por esta via Federal, causando prejuízos principalmente às cidades de Grajaú, Itaipava do Grajaú, Barra do Corda e quase toda a região. Aqui no município de Grajaú já é visível o desconforto para quem precisa dirigir-se à cidade vizinha Barra do Corda, a preocupação neste mês de julho também é grande, pois é o período de férias, onde a maioria dos estudantes, turistas e visitantes ficam amedrontados com tal atitude praticada pelo indígenas.


Vale informar ainda que vários motorista passaram grandes dificuldades e pressões na área, onde os indígenas exigiam pagamentos para liberar a passagem do veículo na BR-226. No entanto solicitamos às autoridades que tomem providências urgentes para sanar está agressão ao progresso da região que mais cresce no Sul do Maranhão.

Um comentário:

  1. Isso é sinal de que eles estão civilizados. Aqui em São Luis um amigo me falou que tem rua no Bairro da Liberdade que caminhões de entrega de mercadorias, pagam pedágios para não serem roubados.Como dizia minha avó: Sinal dos tempos!

    ResponderExcluir

Sinceramente, o Brasil atual tem jeito?

Que olha a cena político-social-econômica atual se pergunta sinceramente:o Brasil tem jeito? Um bando de ladrões, travestidos de senadore...