1 de nov de 2011

POBRE FUTEBOL MARANHENSE: Dois clubes devem quase R$ 60 mil a técnico Sandow Fecques

O técnico Sandow Fecques é bastante conhecido entra as equipes do futebol maranhense. No ano de 2011 treinou a equipe do Moto no primeiro turno da Copa União. Mas até agora não recebeu tudo que tinha direito da equipe. "Já recebi uma parte, mas ainda tenho cerca de R$ 2,5 mil a receber. Eles prometeram me pagar este restante agora depois do feriado, até por isso ainda não entrei na justiça. Vou ficar esperando", afirma o treinador.

Situação mais complicada para com o treinador tem o São José, equipe comandada por ele entre os anos de 2007 e 2008. O clube deve cerca de R$52 mil ao profissional, que se diz muito triste com este cenário. "Recorri à justiça do trabalho desde 2008, quando deixei a equipe, mas até o momento não recebi nada do que tenho direito. Já ocorreram várias audiências para tentar resolver a situação, mas nada foi decidido. E o pior é que não tenho garantia nenhuma de que receberei todo este valor, porque o clube não tem bens materiais que possam cobrir o débito", salienta.

Segundo o treinador, o futebol maranhense não tem clubes, mas somente times, e ainda amadores. "O problema do nosso futebol é a falta de profissionalismo. Você sai de um clube e ele não te paga. Como um clube desse pode passar respeito e credibilidade. Se toda a estrutura do nosso futebol é amadora, não há possibilidade de termos equipes profissionais", enfatiza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinceramente, o Brasil atual tem jeito?

Que olha a cena político-social-econômica atual se pergunta sinceramente:o Brasil tem jeito? Um bando de ladrões, travestidos de senadore...