2 de nov de 2010

Maranhão apresenta novamente maior índice de abstenção do país


Mais uma vez, o Maranhão apresentou o maior índice de abstenção de todo o país. Neste segundo turno, com 100% dos votos apurados, 29,52% maranhenses não compareceram às urnas. Depois aparece o Acre. Com 97,32% da apuração concluída, o índice está em 28,18%. A média nacional ficou em 21,47%.
Eleita a primeira mulher presidente do Brasil, Dilma Rousseff (PT) obteve 79,09% dos votos do eleitorado maranhense contra 20,91% do candidato José Serra (PSDB).
Em 2006, quando Luiz Inácio Lula da Silva (PT) derrotou o tucano Geraldo Alckmin, 18,99% dos eleitores não compareceram para votar no segundo turno. Em 2002, quando Lula venceu José Serra (PSDB), o segundo turno teve 20,46% de abstenções.
Em 1989, ano em que Fernando Collor derrotou Lula no segundo turno, o índice de abstenções no país ficou em 14,40%.

PRIMEIRO TURNO
No último dia 03 de outubro, o Maranhão também registrou o maior índice de eleitores ausentes com relação aos outros estados da federação. No total, 1.035.648 eleitores maranhenses deixaram de votar representando um percentual de 23,9%. A média nacional de abstenção no primeiro turno chegou a 18,12%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinceramente, o Brasil atual tem jeito?

Que olha a cena político-social-econômica atual se pergunta sinceramente:o Brasil tem jeito? Um bando de ladrões, travestidos de senadore...