25 de jun de 2012

CASO EZIR: Policia pretende reabrir o caso, entre outros.

A polícia maranhense pretende trabalhar na reabertura de três casos notórios no rol de crimes insolúveis no estado nos últimos anos.

Um deles, o mais antigo, trata da morte de um comerciante em Imperatriz, ainda no final dos anos 90. Os supostos mandantes, conhecidos por “irmãos libaneses”, continuam soltos.

O outro envolve o prefeito de São Bento, Luizinho Lemos (PSB).

Ele chegou a ser preso como autor da morte de um comerciante da cidade. Depois, o inquérito foi refeito, Luiznho absolvido e eleito prefeito.

O terceiro caso é mais recente: o assassinato do prefeito de Presidente Vargas, Raimundo Bartolomeu dos Santos, o Bertin. (foto)

Até hoje, depois de inúmeras idas e vindas, os mandantes da morte de Bertin nunca foram localizados.

Há graves indícios de que os inquéritos tenham sido manipulados para não alcançar os possíveis autores.

E o mais grave: podem ter relação com a quadrilha agora desbaratada pelo assassinato de Décio Sá.

Por isso, devem ser retomados…

Fonte: Blog Marco D'Eça

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SUPERAÇÃO: Estudante com dislexia e paralisia cerebral se forma em história

Nem mesmo o diagnóstico de paralisia cerebral, a baixa visão e a limitação motora impediram que o jovem Luiz Garcia, 30 anos, realizasse o ...